Pré-shampoo: conheça os benefícios e saiba como fazer



O pré-shampoo (assim como o pre poo) é uma prática relativamente nova para nós ocidentais. Em países como a Índia, por exemplo, já se fazia algo similar há milênios. Consiste em aplicar um produto específico para esta finalidade ou óleo, deixá-lo agir por alguns minutos e depois lavar o cabelo normalmente. Fácil, não?

Benefícios

Muitas meninas reclamam que sempre que lavam o cabelo, mesmo com shampoos leitosos, ele sempre fica ressecado e a função do pré-shampoo é justamente essa, proteger os fios das agressões que o sulfato (que se encontra na maioria dos shampoos) pode causar, como a quebra e mantém a oleosidade natural e os nutrientes que obtemos em nossas hidratações. Para quem tem cabelo tingido, essa prática diminui o desbotamento da cor. Se engana quem acha que isso atrapalha a limpeza, os óleos vegetais não acumulam no cabelo como o óleo mineral (que deve ser evitado!), por isso fica fácil a remoção do excesso dele. Cabelos secos e principalmente os cacheados são os mais recomendados para esta prática mas não significa que os de outros tipos não possam arriscar.

Por que ele é diferente do pre poo?

O pre poo é uma técnica desenvolvida especialmente para as cacheadas e crespas, geralmente se faz uso de óleos vegetais puros ou ingredientes caseiros — como maionese, mel, iogurte, abacate etc ou a mistura dos dois: ingredientes caseiros + óleos vegetais, existem milhares de receitas na internet envolvendo a técnica. Não é regra, mas geralmente quem faz pre poo também é adepto ao low poo.

Já o pré-shampoo se faz com produtos desenvolvidos por marcas famosas que você encontra em supermercados e em lojas especializadas em produtos capilares, e o tempo que você deixa agindo é menor — na verdade quem dita o tempo de ação nos fios com as duas situações é a própria pessoa então não diria que há taaanta diferença assim na questão do tempo.

Quem é o melhor? Você decide!

Como usar o pré-shampoo?

Primeiro você aplica o produto no cabelo em abundância (não aplique na raiz se tiver cabelo já oleoso ou misto) e enluve-o, após isso faça uma trança ou um coque. Deixe agir por no mínimo 5 minutos, ou se tiver tempo e paciência, 30 minutos. Depois, lave o cabelo normalmente com shampoo, se sentir que ainda tem resíduos do pré-shampoo, aplique duas vezes e termine o processo de lavagem com condicionador para selar os fios. Finalize o cabelo normalmente com leave-in e sinta a diferença. :)

Opções disponíveis no mercado



Opções nacionais no mercado:


Tem também a opção dos óleos vegetais puros, que você pode encontrar em lojas de produtos naturais e na internet. Você deve certificar que na embalagem está escrito extra-virgem, 100% puro e coisas do tipo e também ler a composição que deve conter somente o óleo (dã!) e já sabe, né? Se tiver óleo mineral e outras substâncias fuja dele!

Óleo de coco, óleo/azeite de oliva e óleo de rícino são coisas divinas <3

É isso aí, gentchy! Inté.
Comente

Postar um comentário

✧ Não esqueça de comentar, sua opinião aqui vale ouro.
✧ Mantenha o respeito com a autora e os comentaristas.
✧ Com sua conta do Google ou como Nome/URL fica mais fácil de se identificar, mas para isso você precisa habilitar os cookies no seu navegador, senão seu comentário ficará automaticamente anônimo.
✧ Marque a opção Receber notificação para receber sua resposta por e-mail! ♡ Obrigada pela visita e volte sempre! ♡

▸ Vídeo Mais Recente

louiserichelle_

Richelle Castro | Blog de beleza, autocuidado, moda e mais!