Guia do shampoo antirresíduos


Designed by Freepik


O shampoo antirresíduos ou simplesmente shampoo de limpeza profunda tem a função de retirar o que sobrou de leave-ins, finalizadores e condicionadores e que em sua maioria contêm silicones insolúveis em água, parafina e óleo mineral que têm efeito cumulativo.

Esse acúmulo de produtos e substâncias, a longo prazo, podem deixar o cabelo sem brilho, impedir que novos ingredientes penetrem nos fios, criar descamação do couro cabeludo e em alguns casos pode levar a queda de cabelo.

Como o antirresíduos abre bastante as escamadas do cabelo, os cabeleireiros recomendam o uso dele antes das máscaras de tratamento para um efeito maximizado.

Quem trabalha na cozinha, certamente irá amar esse shampoo pois ele efetivamente tira aquele aspecto engordurado que fica no final do dia.

Por que ele é diferente dos shampoos convencionais?

A diferença está basicamente no pH. Relembrando as aulas de Química, se uma substância tem pH entre 0 e 6,9 ela é considerada ácida, se o pH ficar entre 7,1 e 14 ela é considerada alcalina e as substâncias de pH 7 são neutras. Os shampoos que usamos no cotidiano têm pH entre 5 a 5,55, logo, são ácidos. Já os shampoos antirresíduos têm em média pH em torno de 7,4 e 8,5, ou seja, são considerados alcalinos.

Pode usar o antirresíduos todos os dias?

Não! Conhece aquele ditado popular "tudo demais é veneno"? Pois é. É inegável que o antirresíduos tem uma ação limpante excelente mas devido seu nível de acidez somado ao uso diário pode destruir o cabelo de qualquer pessoa, daí meu amigo(a), não tem Kérastase que resolva, somente a vitamina T (tesoura).

O antirresíduos tira a tintura do cabelo?

Devido a alcalinidade dele, ele pode desbotar a tintura, no máximo. O mesmo vale para a progressiva, por exemplo. Mas, para remover toda a tintura, somente a decapagem e para os alisamentos em geral, a famosa vitamina T.

Ele pode ressecar o cabelo?

Sim e não. Ele é bastante alcalino, certo? Isso gera um efeito seco imediato, por isso que eu sempre irei repetir que é necessário condicionar depois. Mas, existem algumas marcas atualmente com uma formulação especial que não deixa esse efeito seco de forma alguma.

Ressecar MESMO, só se você não souber cuidar do cabelo após a aplicação.

Recomendação de uso

Caso você tenha o cabelo oleoso, uma vez por semana é ok. Para os cabelos normais e mistos recomenda-se o uso a cada 15 dias. Seguido de um bom condicionador para fechar as cutículas ou uma máscara de tratamento, se preferir.

Entretanto, vale lembrar que nem toda máscara de tratamento é capaz de selar as cutículas dos fios, portanto, o uso do condicionador pós-tratamento nunca é demais.

Opções no mercado

Produtos mencionados:

Comente

Postar um comentário

✧ Não esqueça de comentar, sua opinião aqui vale ouro.
✧ Mantenha o respeito com a autora e os comentaristas.
✧ Com sua conta do Google ou como Nome/URL fica mais fácil de se identificar, mas para isso você precisa habilitar os cookies no seu navegador, senão seu comentário ficará automaticamente anônimo.
✧ Marque a opção Receber notificação para receber sua resposta por e-mail! ♡ Obrigada pela visita e volte sempre! ♡

▸ Vídeo Mais Recente

richellecastro_

Richelle Castro - Blog de beleza, lifestyle, comportamento, moda e mais!